Páginas

7 de jul de 2017

Primeira carta de 2017

Carta em poesia...

Belo Horizonte, 07 de julho de 2017.

Palavras em mim

Não sou de escrever palavras tortas
Embora, às vezes, pareçam mortas.
Na linha da vida em que me encontro,
Preciso mesmo chegar a um ponto.
Entre rimas perdidas no meu espaço,
Quisera eu ter a firmeza de um compasso...
Se eu entrar em prantos, não me espanto.
Choro pela vida que não encontro...
Espero pelo fim, espero pelo começo,
Um minuto perdido no beijo...
E quando eu voltar do sonho,
Será que ainda me encontro?
Acho o ponto enfim, no meu pedaço de mim...
Este, que não sei ao certo quem é,
E que não rima em nada com a minha vida...

Milena Renata Borges de Lima

Imagem: Google